This page is older archived content from an older version of the Emerald Publishing website.

As such, it may not display exactly as originally intended.

Como... redigir um artigo se o inglês não é a sua língua materna


Seções do Artigo

  1. Por que escrever para um periódico internacional?
  2. Usando um serviço de edição
  3. Livros de referência
  4. Sites de referência

Por que escrever para um periódico internacional?

There is extensive advice all over this part of the Emerald Management eJournals site on how to write for an international journal. On this page, we summarise the process for the benefit of those writing in a foreign language, point to other parts of the site where these are covered, and talk about particular issues faced by those with language difficulties.

Por que um periódico internacional: quais são as vantagens?

Escrever para um periódico internacional oferece uma série de vantagens, principalmente:

  • Você alcançará uma comunidade internacional de colegas acadêmicos da sua área e, consequentemente, aumentará o impacto e alcance do seu trabalho e a probabilidade de ser citado.
  • Como a maioria das revistas internacionais é revisada por pares, seu trabalho receberá um selo automático de aprovação e várias pessoas se esforçarão para aprimorá-lo e o ajudarão a publicá-lo.

Tenho algo a publicar?

Ter um trabalho publicado representa uma contribuição original ao corpo de conhecimento. A primeira consideração a ser feita é se você realmente tem algo original a dizer – do que trata o seu artigo e por que seus colegas desejariam lê-lo? Quais são as suas implicações para futuras pesquisas? E para a prática? É aconselhável que uma breve declaração de 50 palavras seja preparada em resposta a essas perguntas para que você tenha uma ideia clara do tema do seu artigo e de por que ele é importante. Também é altamente recomendável que seu trabalho seja discutido com colegas acadêmicos experientes.

"Meu primeiro conselho seria o seguinte: ‘Peça ao maior número possível de acadêmicos experientes que leiam o seu trabalho antes de apresentá-lo a editoras’. Talvez um ‘grupo de apoio a autores’ possa ser estabelecido na faculdade para se reunir e emitir comentários sobre o desenvolvimento do trabalho. Na minha experiência com grupos dessa natureza, se a atmosfera for acolhedora e favorável, eles podem ser muito produtivos na geração de ideias para pesquisas e na promoção de um trabalho colaborativo".

Dr David Parker
Editor especializado em gestão de operações, logística, marketing e comércio eletrônico, sediado em Austrália

"A maioria dos editores não será especialista na sua área de estudo. Antes de apresentar seu trabalho a um periódico, peça a colegas da sua área que o leiam, pois os editores geralmente não sabem dizer se você fez alguma afirmação indevidamente controvertida ou se as suas estatísticas contêm algum erro".

Dr M. Lynne Murphy
Palestrante Sênior em Linguística da Universidade de Sussex, Reino Unido

Acredite ou não, atentar para as considerações acima é muito mais importante do que redigir o artigo em um inglês razoável, o que é sempre possível com um pouco de ajuda.

"Melhorar o inglês do texto de uma pesquisa de baixa qualidade não garantirá a sua publicação – o método de pesquisa, o rigor, a adequação da análise e as constatações é que são os elementos importantes. A estrutura, o inglês, o formato e o estilo do documento podem sempre ser melhorados, mas pouco se pode fazer quando a estrutura conceitual é fraca, a base bibliográfica é superficial e os métodos de coleta de dados e técnicas de análise são inadequados e culminam em conclusões superficiais".

Dr David Parker
Editor especializado em gestão de operações, logística, marketing e comércio eletrônico, sediado em Austrália

Onde devo publicar?

Se a sua resposta à pergunta “Tenho algo a publicar?” tiver sido favorável e plena, você estará apto para proceder à etapa seguinte do processo, que é encontrar um meio de publicar o seu trabalho. A maioria das pessoas envolvidas no mercado editorial recomenda que se escolha um periódico adequado como alvo – o que significa que você deve procurar um periódico cujas metas e objetivos editoriais sejam compatíveis com o seu trabalho. Veja o nosso guia Como encontrar o periódico certo para obter mais informações sobre essa questão.

Como elaborar um esboço

Redija um esboço do artigo no melhor inglês que tiver – isso é melhor do que redigi-lo na sua língua e depois traduzi-lo. Não se preocupe muito com a gramática, ortografia, etc. – deixe para cuidar desses elementos em outro estágio de edição, quando já tiver um rascunho do conteúdo.

Ao redigir o texto, um bom conselho é analisar o periódico que escolheu, bem como outros da mesma área, e observar como seus artigos são redigidos. Dessa forma, você obterá dicas sobre a construção de frases, nuances, expressões idiomáticas da língua inglesa, etc.

"Meu conselho geral para autores cuja língua materna não seja o inglês seria que eles devem ler periódicos de alta qualidade na sua área (e, o que é importante, na sua respectiva disciplina) e observar como autores experientes exploram o trabalho de outros profissionais, usam referências para corroborar argumentos, desenvolvem métodos de pesquisa e formulam suas frases (disciplina específica e não generalizada). Seja sucinto e use frases curtas".

Dr David Parker
Editor especializado em gestão de operações, logística, marketing e comércio eletrônico, sediado em Austrália

"Ao redigir um texto, o melhor a fazer é observar como documentos na mesma área temática foram escritos [e tentar] imitar como a língua é usada para discutir um determinado tema. Um escritor nativo da língua inglesa usará o idioma para discutir o mesmo tema de muitas maneiras diferentes, que podem ser usadas para ajudar falantes não nativos a contornar o problema de se repetirem".

Simon Linacre
Editor da Emerald Group Publishing Limited

Nessa etapa, pode ser necessário recorrer à ajuda mais “prática” de alguém que possa auxiliá-lo a se expressar mais claramente em inglês. Não é a mesma coisa que usar um serviço de edição profissional, mas envolve um processo de sentar-se com alguém (talvez um colega do seu departamento) cujo inglês seja melhor que o seu e possa ajudá-lo a esclarecer o sentido das suas ideias.

Somente após ter redigido um esboço que expresse de maneira razoavelmente clara o sentido das suas ideias, ainda que o inglês precise ser refinado, é que vale a pena solicitar opiniões informais sobre o potencial de publicação do trabalho.

Quando procurar o editor?

Antes de se envolver no processo formal de publicação, sempre vale a pena pedir ao editor, ou talvez a algum membro do conselho editorial que você conheça, que leia o esboço do trabalho e dê sua opinião acerca dos seus conteúdos de pesquisa e acadêmicos antes de você ter o trabalho – e a despesa – de refinar o inglês.

No entanto, antes de chegar nesse estágio, é importante que o artigo esteja suficientemente claro para que o editor consiga visualizar o argumento geral, ainda que o inglês precise ser aprimorado.

"A maioria dos editores terá prazer em dar uma primeira lida no esboço inicial do trabalho e oferecer seus comentários ao autor antes da sua apresentação formal – é muito melhor pedir a eles que leiam uma pequena amostra com a promessa de que o seu inglês será “endireitado” do que apresentar um artigo completo com um vocabulário pobre, o qual seria imediatamente rejeitado. Além disso, os editores não se darão ao trabalho de ler um artigo inteiro mal escrito em inglês, de modo que qualquer esboço inicial deve ser uma versão abreviada de algumas páginas, apenas para dar uma ideia geral da área e das constatações da pesquisa".

Simon Linacre
Editor da Emerald Group Publishing Limited

Antes de apresentar nem que seja um esboço a um editor para uma avaliação informal, é de seu maior interesse verificar se a sua redação está razoavelmente clara. Peça a um membro do seu departamento ou, se isso não for possível por qualquer motivo, a um colega de outro departamento da universidade ou mesmo a um não-acadêmico com um inglês razoavelmente fluente que dê uma olhada no esboço.

Como obter ajuda com o inglês

Embora não seja recomendável procurar um editor antes de se ter um esboço razoavelmente claro, você precisará começar a pensar em melhorar o seu inglês uma vez que tenha uma indicação de interesse no seu trabalho.

A essa altura, pode ser necessário recorrer aos serviços de um editor profissional – veja a seção Usando um serviço de edição section.

Nesse caso, se não conseguir transmitir suas ideias de maneira suficientemente clara, recomenda-se que você encontre alguém cujo inglês seja razoavelmente bom e possa ajudá-lo a encontrar maneiras de se expressar claramente. Faça isso antes de pedir a alguém que avalie o seu material, ainda que informalmente.

Entrando no processo de publicação formal

Uma vez que o seu texto esteja razoavelmente claro, você estará pronto para partir para o processo formal de publicação. Nessa etapa, sua posição não será muito diferente da de qualquer outro autor: você terá escolhido um periódico e apresentará seu trabalho para o editor sabendo que a temática do seu artigo e os objetivos do periódico são razoavelmente compatíveis. Se considerar que seu artigo tem potencial, o editor o submeterá ao processo de revisão de pares (veja o nosso guia Como... sobreviver à revisão de pares e revisar o seu trabalho para obter mais detalhes sobre esse processo). Como parte desse processo, os revisores podem sugerir alterações no texto em inglês.

É preciso se certificar de que o seu artigo possui todas as referências necessárias. Embora não exija grandes conhecimentos em inglês, essa tarefa não é fácil e exige cuidados. Veja o guia Como... usar o sistema de referência de Harvard para obter mais informações.